Translate this Page
ONLINE
3




Devemos Guardar o Sábado?

Sábado

Mesmo que nos estejamos no século XXI, ainda existem muitas pessoas que guardam o sábado como um dia santo a Deus. E não apenas judeus ortodoxos, mas até mesmo igrejas cristãs. Uma das igrejas mais famosas que guardam o sábado é a Igreja Adventista do Sétimo Dia. O sábado é para eles uma de suas principais bandeiras de pregação e defesa. Outra igreja que merece destaque é a Igreja Batista do Sétimo Dia que também guarda o sábado.

 

Os principais argumentos de quem defende a guarda do sábado estão focalizados nesses quatro pontos: 1- O sábado foi santificado por Deus antes mesmo da Lei Mosaica, 2- Na Lei de Moisés existia a parte moral (Lei de Deus) e a parte de ritos (Lei de Moisés) e só a segunda parte foi findada, 3- Jesus guardava o sábado e 4- Colossenses 2-16 não se refere aos sábados semanais. Existem outros argumentos mas esses são os mais utilizados.

 

Vamos começar para seguir a ordem pelo ponto 1. É verdade que Deus santificou o sábado, mas em nenhum momento ele disse nessa passagem que era para guardar o sábado. Não vemos nenhum dos patriarcas guardando o sábado. O que foi ali santificado é o significado do sábado. Ou seja, o descanso. Descanso aqui na terra do trabalho e descanso eterno nos céus. Uma pessoa não pode trabalhar o tempo todo, mas deve tirar um tempo para si mesmo, para a família e para buscar a presença de Deus. O sábado continua valendo em sua essência, porém não de forma literal.

 

No ponto 2 vemos a famosa diferenciação entre Lei de Deus e Lei de Moisés que os sabatistas fazem. Como se findou a antiga aliança e se iniciou a nova aliança em Cristo, os sabatistas alegam que só a parte cerimonial acabou. Acontece que biblicamente falando não existe essa diferença. Tudo é Lei Mosaica. Como observamos por exemplo no caso de Neemias 8-1 onde o livro da lei é chamado de Lei de Moisés e em Neemias 8- 8 ao 14 esse mesmo livro também é chamado de Lei de Deus.

 

Existem passagens no Novo Testamento que mostram Cristo guardando o sábado como em Lucas 4-46. Jesus realmente guardou o sábado pois era judeu e nasceu sobre a Lei. Cumpriu todos os seus preceitos justamente para nos libertar da Lei (Rm 10-4). Não se segue logicamente falando que porque Cristo cumpriu toda Lei, nos temos que cumprir também. Pelo contrário, se segue que não devemos cumprir pois ele cumpriu por nós. Além disso ele não cumpriu apenas o sábado mas toda Lei. Será que algum sabatista ou qualquer ser-humano cumpre toda a Lei?

 

Colossensses 2-16 relata alguns ritos que não possuem mais valor na atual aliança como dias de festa, lua nova e inclusive os sábados. Os sabatistas tentam fugir da advertência dessa passagem dizendo que ela não se refere ao sábado semanal, mas aos sábados anuais ou cerimonias de Levíticos 23. Acontece que os sábados cerimonias ou anuais já estão incluídos na expressão ''dias de festa''. Desta maneira não resta escapatória para eles.

 

Como já explicado a guarda do sábado em sua literalidade não é mais válida, todavia sua essência sim. Nunca trabalhe demasiadamente e sempre deixe um tempo para a família e para servir a Deus. Não se esqueça também que teremos um descanso eterno nos céus (Hb 4-9 ao 11). Quero ressaltar ainda que você até pode tirar o sábado para somente buscar a presença de Deus, contudo isso seria uma livre escolha sua. Jamais você pode tornar isso obrigatório a todas as pessoas.

 

Curta nossa página JP-Jovens Pregadores

Curta nossa página Reflexões do Pregador Lucas Moraes

 

Conteúdo Relacionado

Jesus foi Criado?