Translate this Page
ONLINE
3




Como Reconhecer Um Falso Profeta?

Quem tem pelo menos um pouco de conhecimento das escrituras sabe que nos últimos dias, dias pela qual vivemos, muitos falsos profetas surgiriam no mundo. Ainda que a figura do Anticristo não tenha aparecido ainda no mundo uma multidão de pessoas movidas pelo espírito dele (o Diabo) já estão enganando multidões com mentiras e heresias.

 

Como os falsos profetas estão misturados com os cristãos verdadeiros nem sempre é fácil reconhecê-los. Jesus disse que até que chegue o momento certo é necessário que o joio e o trigo convivam juntos. Mas utilizando as sagradas letras é possível que reconheçamos alguns sinais que indicam que determinada pessoa é um falso profeta ou não. Confira alguns deles:

 

O falso profeta gosta de amaldiçoar as pessoas: como ele possui uma interpretação da Bíblia Sagrada descontextualizada acaba aplicando os juízos do Antigo Testamento de forma indiscriminada nos tempos atuais. Ele baseia-se ainda no olho por olho, dente por dente e vida por vida. Ele não conhece o amor de Cristo. Basta alguém criticar suas heresias que ele já começa a lançar suas pragas.

 

O falso profeta não gosta de teologia: para ele nada é pior do que um irmão comprometido com o estudo sério da Bíblia Sagrada. Ele sabe que o irmão não vai mais acreditar nas suas heresias baseadas em versículos isolados e vai abrir os olhos. Nas suas pregações o falso profeta aproveita para atacar os teólogos. Diz que teologia esfria o cristão e que teólogo não expulsa demônios e outras bobagens afins. Paulo era um grande teólogo e não nunca deixou de ter o poder do Espírito Santo.

 

O falso profeta fala somente o que agrada: ele dificilmente irá falar sobre pecado e arrependimento. Ele sabe que a maioria das pessoas não gosta de ouvir isso e que a oferta não será muita caso ele pregue sobre estes temas. Por isso os temas das pregações dele geralmente são sobre sonhos, vitória financeira, promessas, bênçãos etc. Não que seja necessariamente errado pregar sobre estes assuntos, mas é preciso pregar também sobre cruz, arrependimento, volta de Cristo, novo nascimento, serviço cristão, missões e outros temas relevantes.

 

O falso profeta adora a teologia da prosperidade: para ele o que distingue um irmão que é abençoado de outro que não é a quantidade de bens materiais. Ele gosta de se gabar de suas conquistas financeiras e diz que os irmãos da igreja que não ''prosperam'' é porque estão em pecado ou porque não tem fé. Ele dá até uma distorcida nas escrituras e diz que Jesus era rico. Alguns chegam ao cúmulo de dizer que os pobres são pobres porque estão endemoniados.

 

O falso profeta profetiza profecias sem sentido: ele profetiza para as irmãs casadas bonitas que os maridos delas são errados já pensando em ficar com elas, profetiza para os irmãos ofertarem ele que é de Deus sem Deus ter falado primeiro com os irmãos, profetiza somente carros e dinheiro para os ricos e somente pragas e provações para os pobres e outras profecias mirabolantes, contraditórias e heréticas. Entenda mais nesse vídeo:

 

 

O falso profeta tira o foco de Cristo e coloca nele: para o falso profeta é ele ou sua denominação que opera o milagre. Sem ele e/ou a denominação dele não há milagre e nem mesmo salvação. Ele não sabe reconhecer que Deus usa quem quer e que pode fazer grandes sinais até onde ele não imagina. Ele está sempre atrás de títulos pomposos e valoriza mais o status social do que a recompensa prometida por Deus.

 

Atenção! Se você conhece algum líder ou pregador que preenche até dois desses requisitos talvez seja apenas falta de orientação e não quer dizer que ele seja um falso profeta. Se ele preenche três requisitos já é muito provável que ele seja de fato um falso profeta. A partir de quatro é certeza que ele é. Faça o teste e não seja mais enganado.

 

Curta nossa página e acompanhe nossas publicações:

Ministério Jovens Pregadores

 

Conteúdo Relacionado

Cuidado com o Voz da Verdade