Translate this Page
ONLINE
1




O Que é o Pecado Para Morte?

Paz irmão. Gostaria de saber o que é pecado para morte desse texto. Como entender?

 

Se alguém vir pecar seu irmão, pecado que não é para morte, orará, e Deus dará a vida àqueles que não pecarem para morte. Há pecado para morte, e por esse não digo que ore. Toda a iniqüidade é pecado, e há pecado que não é para morte. 1 João 5:16,17

 

Pergunta enviada por leitor do Estado São Paulo.

Resposta:

 

Olá irmão. Sua pergunta é bastante pertinente. Não acredito em nivelamento de pecado. No fundo tanto matar como desejar matar atentam contra a santidade de Deus da mesma forma. Textos como 1 Jo 3:15, Mt 5:22 e Mt 5:28 apontam para tal entendimento. Ou seja, em essência não existe ''pecadinho'' e ''pecadão''.

 

Isso não quer dizer que com relação a consequência os pecados sejam iguais. Embora em essência os pecados são iguais eles não afetam a sociedade e a ordem da criação de Deus da mesma forma. Por isso eles possuem consequências distintas. Quem mata poderá responder um processo penal e quem apenas deseja matar não responderá.

 

Assim, partindo desse princípio que os pecados têm consequências diferentes percebemos que existem pecados que levam a morte e outros que não levam. Com relação a essa morte os teólogos têm trazido varias teorias sobre ela. Mas o certo é que ela trata a respeito realmente da morte física e não espiritual.

 

Existem pecados, como por exemplo, o pecado de Ananias e Safira que mentiram para o Espírito Santo (Atos 5: 1 ao 11) que traz junto com a morte espiritual a morte física, no caso deles uma morte física instantânea. Outros exemplos de pecados que levam a morte física seriam os vícios em cigarro e drogas em geral. Quantos já não morreram cometendo o pecado do vício em crack?

 

Norman Geisler, famoso teólogo americano, comenta a referida passagem:

 

Independentemente do que João visava, não há razão para crer que ele não estivesse se referindo a um pecado tão sério que culminaria com a morte física. Paulo menciona que alguns dos coríntios que haviam participado da Ceia do Senhor de modo indigno estavam doentes e alguns até mortos em decorrência disso (1Co 11-29 ao 30). De fato, os sacerdotes Nadabe e Abiú foram mortos instantaneamente por sua desobediência ao Senhor (Nm 3:4), assim como Ananias e Safira por seu pecado (At 5: 1 ao 9). Logo, é totalmente possível que, neste trecho, João tivesse esse pecado em mente, onde o crente é entregue a Satanás ''para a destruição da carne a fim de que o espírito seja salvo no dia do Senhor'' (1 Co. 5:5). (GEISLER, São Paulo, p. 547)

 

Portanto, como conclui o autor que o mais provável é que João estivesse distinguindo os pecados que trazem morte física dos que trazem apenas morte espiritual (Rm 6:23). Espero ter ajudado.

 

Fique na paz do Senhor Jesus Cristo.

 

REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA

GEISLER, Norman e col. Manual Popular de Dúvidas, Enigmas e ''Contradições'' da Bíblia. 1 ed. São Paulo: Mundo Cristão, 1999. p. 547

 

Curta nossa página e acompanhe nossas publicações:

Ministério Jovens Pregadores

 

Conteúdo Relacionado

Pecado Consciente e Pecado Inconsciente