Translate this Page
ONLINE
4




Línguas Estranhas e Barulho Pentecostal

Pentecostal

 

Boa noite,

Sou cristã, porém não gosto de igrejas pentecostais porque elas costumam fazer muito barulho e as pessoas se transformam e falam estranho. Acredito no Deus verdadeiro e que ele é um Deus de ordem e de paz (gálatas 5, 22-23), portanto, que paz encontro eu em igreja que grita e que fala numa língua que ninguém entende? Porém quando digo isso a um pentecostal eles dizem que estou errada e me mandam ler atos 2. Que argumentos mais eu posso tirar da bíblia para provar isso qualquer um deles?...

Aguardo resposta,

Obrigada.

 

Pergunta enviada por leitora tradicional.

 Minha Resposta:

 

Graça e Paz

Amada não sei se sou a melhor pessoa para você perguntar isso, pois também sou pentecostal rsrs. Entretanto, respeito prontamente os irmãos tradicionais. Vou fazer assim uma pequena analise que creio que vai te ajudar e edificar sua fé bastante.

A paz que você citou de Gálatas 5-22 é paz de espírito, não tem a ver com liturgia de culto. Quanto as línguas estranhas nos pentecostais cremos que ela é o sinal do batismo com Espírito Santo conforme vemos em Atos 2 e Atos 10-45.

Alguns dizem que na verdade falavam em Atos 2 eram línguas estrangeiras e não línguas estranhas. Mas discordamos dessa interpretação porque ser poliglota era e é considerado algo bom. E em Atos 2 os discípulos foram ridicularizados por falarem línguas.

Quanto ao batismo com Espírito Santo diferenciamos dos irmãos tradicionais, pois temos a crença que ele ainda acontece nos dias atuais conforme profetizou o profeta em Joel 2-28 que se cumpriu em parte em Atos 2 e o resto se cumpre hoje.

Não estou dizendo que você tem que virar pentecostal, isso é uma decisão pessoal. Estou apenas explicando nossos conceitos para que você possa nos entender melhor.

Acontece que durante o culto o Apóstolo Paulo nos disse que devemos dar preferencia aos dons como, por exemplo, profecia. Esses dons edificam a todos, já línguas edificam apenas a pessoa que está falando e os de fora não entendem. Se as pessoas que você falou ficam o tempo todo falando línguas no culto, estão erradíssimas. Não se pode proibir de falar línguas na igreja, mas deve ser falada de forma equilibrada. Leia primeiro e depois cite para eles 1 Co. 14-18 e 19.

Já em relação a gritos e barulho deve ser levado em conta a alegria que os irmãos sentem em estar na presença de Deus. Isso causa as vezes um pouco de barulho. Se você não gosta é um direito seu e respeito isso, tenho um irmão na minha igreja que também não gosta. A graça de Deus é multiforme e cada um tem seu jeito. Faça como o irmão da minha igreja, procure ir em cultos que não tem barulho como a Escola Dominical.

Agora se o barulho existente na igreja é exagerado e a liturgia uma bagunça generalizada, você está certa em criticar. Leia primeiro e depois, caso queira, poderá citar para eles 1 Co. 14-40. É um princípio que se aplica muito bem a essa situação.

Em resumo, observe que eu por também ser pentecostal não discordo deles por falarem línguas e fazerem um pouco de barulho. Porém, acredito que isso deve ser feito de forma moderada e equilibrada. Caso eles exagerem e tornem o culto uma desordem, te dei duas referências bíblicas (1 Co. 14- 18 ao 19 e 1 Co. 14-40) para que você possa corrigi-los com amor e temor.

Espero ter ajudado e que você continue acompanhando nosso site.

Em Cristo, Lucas.

 

Envie também sua pergunta clicando aqui.

Curta nossa página no Facebook clicando aqui.

 

Conteúdo Relacionado

O Cristão Pode ir ao Psicólogo?

Perguntas sobre a Trindade