Translate this Page
ONLINE
2




De Volta ao Debate

Trindade

Já faz algum tempo que não escrevo nada aqui sobre o debate Trindade vs Unicismo/Unitarismo, mas recentemente recebi um e-mail de um crítico da Trindade trazendo argumentos que considero dignos de serem analisados para um maior entendimento da doutrina bíblica. Se você não sabe o que significam tais conceitos: Trindade: é a doutrina ortodoxa que entende ser Deus único em essência e trino em personalidade, Unicismo é crença que Deus é único que se manifestou de três formas diferentes no mundo e Unitarismo é a crença que apenas Jeová é Deus e Cristo apenas uma criatura poderosa. Segue a baixo o e-mail que recebi em vermelho e minha resposta posteriormente.

 

Existe distinção entre a realidade e a fantasia!

A trindade não reflete a realidade dos fatos, nem mesmo é bíblica.

"Façamos o homem a nossa imagem, conforme a nossa semelhança. E o homem foi feito a imagem e semelhança de Deus".

Veja, o homem foi feito a imagem e semelhança de Deus, o homem é UNO, possuí personalidade indivisível, tendo sido criado semelhante a Deus, portanto, Deus só pode ter personalidade indivisível, UNA, semelhante ao homem.

 

Fantasia é achar que o homem é uno. Estudando Antropologia Bíblica percebemos a natureza tricotômica do ser humano, uma vez que ele é constituído de corpo, alma e espírito. Embora não seja pacífico na teologia em que sentido o ser humano é a imagem e semelhança de Deus, se o sentido que você defende estiver certo é mais um apontamento para a Trindade. 

 

E a quem Deus disse "façamos", "nossa imagem"? Aos "anjos"! Entenda, anjos de fato não existem, são figuras manifestas de um aspecto divino que servem para trazer ao homem uma imagem que este possa compreender, uma vez que Deus é imaterial e intangível (está além de qualquer definição humana), o homem é a sua imagem (imagem de Deus), pois Deus em sí não tem imagem, Ele não possuí forma e é invisível. A criação de Genesis em sí é uma figura de linguagem, Deus não criou o mundo em 7 dias, nem fez o sol depois de ter feito a terra.

 

Suas afirmações não são bíblicas. Hebreus 1:14 diz que os anjos de fato existem e que são espíritos ministradores enviados para serviço dos que hão de herdar a salvação. Quanto a literalidade dos Gênesis e dos 7 dias é algo em discussão, mas você não trouxe nenhum argumento.

 

A trindade é idólatra! A trindade não adora um Deus PESSOAL, ela adora uma substancia, e substancia é ALGO, e não alguém. Substancia é impessoal, e sendo esta a única forma de adorarem 1, adoram o "hardware" divino, equivalente ao "corpo" (substancia) de Deus, não a personalidade, a qual segundo os trinitaristas seriam equivalentes a "3 softwares".

 

Aqui você faz uma confusão tremenda. Primeiro, a Trindade não adora nada, mas sim é adorada. Segundo, você confunde o que é realmente o conceito de Trindade. Por fim, Deus ser uno ou trino em nada interfere em sua pessoalidade. O Deus dos trinitaristas é um Deus que ama e se relaciona com seus servos. De maneira nenhuma o Deus que adoramos é idolatra.

 

Deus disse ser PESSOAL quando disse: "_ EU SOU". Se Deus fosse uma substancia ele diria: "_Eu existo", mas veja, ele não diz isto. Veja a diferença: Você diz: "_ Eu existo". Porém uma porta ou uma chave também existem, mas não têm consciência; Se você por outro lado diz: "_ Eu sou". Uma nuvem ou um monte de terra não podem dizer que "_São", pois são substancias, são impessoais, não possuem consciência.

 

Amigo você tem uma visão muito superficial e equivocada da Doutrina da Trindade. Segundo você adoramos uma substância e essa substancia seria impessoal e sem consciência como uma porta ou uma chave. Acontece que a substância de Deus é espírito (Jo 4:24) e espíritos por definição tem consciência. Ainda que o você disse fosse verdade e adorássemos uma substância, ainda assim no caso de Deus essa substância seria pessoal e consciente.

 

"SOU O QUE SOU"= (igual)= YHVH, este é o meu nome, disse Deus a Moisés.

Portanto: Ouve Israel, YHVH (aquela personalidade/consciência/pessoa que É) nosso Deus, YHVH (aquela personalidade/consciência/pessoa que É) é um só. Dt. 6: 4

Isto é muito diferente da heresia trinitária que interpreta da seguinte maneira a seguir: "ouve Israel, Yhvh (a substancia) a qual é o nosso deus, Yhvh (a substancia) é um (a) só.

 

É bom você ter citado Dt. 6:4. Ele é mais uma evidência para a Trindade. A palavra utilizada no hebraico para ''um'' em Dt. 6:4 é 'ehad que indica unidade composta. Essa palavra é mesma utilizada em Gênesis 2:24 para dizer que o marido e a mulher forma uma só carne. Se fosse uma unidade estrita (absoluta) o termo adequado seria ''yahid''. Ou seja, no Antigo Testamento a Trindade já estava lá implícita e no Novo Testamento ela se torna explícita.

 

Amigo leitor espero que este artigo apologético te ajude a entender mais da fé cristã. Defender a fé cristã com mansidão e temor é um dever de todos nós. Assim como esta vida que me mandou essas críticas a Trindade, muitas outras vidas estão confusas precisando de nossas orações e orientação. E quando necessário, como nesse caso, até mesmo da devida refutação. Doutrinas como a da Trindade são doutrinas que interferem diretamente na salvação. Compreender elas erroneamente pode levar uma pessoa ao inferno. Dessa forma, estejamos preparados e cresçamos na graça e no conhecimento do nosso Deus para que possamos ajudar o maior número de pessoas possível.

 

Curta nossa página e acompanhe nossas publicações:

Ministério Jovens Pregadores

 

Conteúdo Relacionado

 Igreja ou Seita?