Translate this Page
ONLINE
1




Cristianismo Light

Light

Com o advento da modernidade e por seguinte da pós-modernidade, o cristianismo foi afetado como todas as vertentes de pensamento e religião existentes. Tornou-se ainda mais comum um tipo de cristão que é adepto do que chamo de 'cristianismo light'.  Na verdade isso tem se espalhado como uma verdadeira praga dentro da igreja. Os que ainda mantêm compromisso com Deus são minoria e não maioria.

 

Mesmo assim não desanime, pois o remanescente que Deus guardou para si será recompensado. Além disso, o número de fiéis é pequeno, mas não tão pequeno.  Ainda há gente fiel suficiente para termos algumas pessoas ao nosso lado. Entretanto, é preciso que preguemos a verdade a todos para que o número de pessoas compromissadas aumente e mais pessoas realmente vivam o evangelho de Cristo.

 

Cristianismo light é o cristianismo em que o adepto dele não muda em nada de vida. É cristão apenas teoricamente, na prática ele age igual ou quase igual a alguém não cristão. Tem os mesmos hábitos, costumes e práticas de quem está no 'mundo'. É um cristianismo fácil, das portas largas, sem doutrina e sem convicção. Puramente baseado em aparência e emocionalismo.

 

Posso citar alguns exemplos.  A modelo Aline Fronzoi é um exemplo disso, se diz evangélica e posta frases religiosas no Facebook. Acontece que recentemente posou nua para playboy. Meu objetivo não é condenar a bela, mas é inegável que o comportamento dela é antibíblico e se enquadra no cristianismo light. Veja que apesar de ser cristã, posou nua como qualquer mulher. Oremos por ela.

 

Alguns cantores gospel e ditos levitas também entraram na onda. Quem nunca viu algum músico de igreja cantar e tocar em shows e baladas seculares? E ainda se defendem dizendo que é a profissão deles, que Deus entende. Segundo a lógica deles, se faço algo por profissão não é pecado. Posso até montar um bar e vender cachaça, já que vai ser minha profissão. A cantora e dançarina Joelma é outro exemplo de cristã light.

 

É evangélica há mais de 4 anos, mas continua fazendo suas danças sensuais e mostrando o corpo durante seus shows.  Existe até quem diga que ela irá para a música gospel. O negócio é que não se sabe se ela irá por sinceridade ou apenas por interesse econômico. Oremos também por esta vida. Assim é muito fácil ser cristão. Tente ser cristão de verdade hoje e verá que não é fácil. Agora a recompensa que vem do alto é certa.

 

Não pense que só artistas estão nessa onda. Quantos irmãos em nossas igrejas após o culto vão para suas baladas ou até motéis? E dizem que Deus é amor e entende a fraqueza deles, ou ainda nem ligam para nada. Ao mesmo tempo em que ouvem adoração curtem funk e rap pesado. Talvez você amigo leitor esteja nessa onde. Até eu já fui um adepto de modo de ser cristão. Graças a Deus hoje não participo mais.

 

Essas pessoas cristãs 'light' são conhecidas na Bíblia Sagrada como mornas (Ap 3-16). Deus diz que nada mais nada menos que tem vontade do vomitá-las. Estão caminhando para a condenação eterna. São como a Igreja de Laodicéia (Ap 3). Se focaram apenas no material se esquecendo do espiritual, perderam a verdadeira riqueza. São sombras do que um dia foram.

 

Aliás, essa é uma das marcas do adepto do cristianismo light. Ele é materialista e carnal. Adora receber bênçãos de Deus e ouvir profecias. Ele adora as promessas de Deus que só focam nesse mundo. Vai ao delírio quando se fala de carros e mansões. Só que este rejeita quando o assunto é santidade e renúncia. Na verdade o que falta ao cristão light é justamente renúncia. 

 

Um outro fator  existente no cristão light é falta de conhecimento da palavra de Deus. Muitos sofrem de algo que denomino como síndrome anti-escola bíblica (escreverei um artigo sobre isso em breve). São bastante rasos na palavra de Deus e não frequentam a Escola Dominical. O que dificulta sua libertação, pois sabemos que é o conhecimento da verdade que liberta (Jo 8-32). A ignorância teológica tem os corroído.

 

É preciso refutar um argumento muito usado pelos cristãos light. Sempre eles dizem 'não me julgue' ou 'quem é você para me julgar'. Falam isso se baseando em Mateus 7-1 onde Cristo diz:

 

''Não julgueis para que não sejais julgados''

 

Esse versículo fala apenas do julgamento hipócrita ou precipitado. Não fala nada da denúncia ao pecado, pelo contrário a Bíblia Sagrada incentiva a denúncia:

 

''Não julgueis pela aparência, e sim pela reta justiça'' João 7-24

 

Sendo assim, devemos sim criticar esse pessoal do cristianismo light. Para o bem deles mesmo devem ser confrontados com a verdade da palavra de Deus. Compromisso não é algo que se conquista da noite pro dia. Só que compromisso é algo que Cristo exige de nos, ele gosta de cristãos sinceros e não lights.

 

Se você tem este estilo light de cristianismo é momento de você repensar sua vida. Nos tempos do profeta de Elias o povo vivia uma adoração light, uma ora a Deus e outra hora a Baal.  Elias os confrontou questionando até quando eles continuariam com aquela vida. O povo assim tomou uma decisão por Deus. Tome você também hoje uma decisão por Cristo.

 

Curta nossa página e acompanhe nossas publicações:

Ministério Jovens Pregadores

 

Conteúdo Relacionado

A Expulsão de Demônio é Bíblica?