Translate this Page
ONLINE
1




Cidadania e Voto Cristão

Eleições

Há cristão que diz que política é do Diabo, que todo político é ladrão e que não está nem ai para política. Com essa visão radical se afastam da politíca e votam em qualquer um na eleição.

O resultado disso é um política brasileira cada vez mais corrupta e anti-cristã. Eleições estão chegando e quero te ajudar a mudar esse pensamento. Lembre que todos somos seres políticos, vivemos em sociedade. Você é um ser espiritual que irá morar no céu, mas também é um ser material. Somente anjos que são criaturas inteiramente espirituais. Esses não precisam de politíca, já você é material. Se não fosse assim você não precisaria trabalhar. Só trabalha quem é material e precisa suprir suas necessidades. A política direta ou indiretamente ajuda suprir muitas de nossas necessidades.

 

O que é política?

Uma forma de roubar os outros? Não, isso é politicagem. São aqueles que fazem mal uso da política. ''Política é a ciência da governação de um Estado ou Nação e também uma arte de negociação para compatibilizar interesses''. [1] Surgiu na Grécia onde os cidadãos se reuniam na praça para discurtir os problemas da polis (cidade). E política quando bem utilizada serve para isso, atenuar os problemas da sociedade. Todos nos aos discutirmos os problema da sociedade estamos sendo políticos e não apenas aquele que exerce cargo elitivo.

 

Em quem votar?

 

Dois critérios são cruciais na hora de votar: 1- Vida pregressa. 2- Ideologia. Seguindo esses critérios você votará bem.

 

Vida Pregressa

 

Neste critério se analisa o passado do político. O que ele fez antes de ser candidato? O que fez nos mandatos passados? Para exercer um cargo público eletivo é preciso idoneidade. Não dá para querer o voto do cidadão, seja ele cristão ou não, tendo um ficha suja de vários processos criminais. É claro que não basta apenas a acusação, é preciso averiguar se relamente procedem as acusações. Mas na maioria das vezes as acusações procedem e existem evidências como documentos e gravações comprovando o delito. É muito fácil saber se o político tem ficha suja, é so digitar o nome dele no google e se existir processos criminais aparecerem as notícias.  

E essa regra vale para político que conhece o evangelho e mais ainda para o que conhece. E se pastor, então, é que tem que ser cobrado mesmo e não mais votado. Independente de partido ou religião precisa ser fiscalizado. Veja o vergonhoso caso da ''oração da proprina'':

 

Além de observar se ele envolveu com delitos, observe se cumpriu suas promessas. As vezes, por exemplo, um governador está prometendo maravilhas mas já teve dois mandatos e procura o terceiro. Ou seja, já teve chance de fazer alguma coisa e não fez. Está na hora de dar oportunidade a outro.

 

Ideologia

 

É o que pensa o candidato sobre temas polêmicos e sistema de governo. Você é livre para votar em quem quiser mas como votar em alguém, por exemplo, que é favor do aborto? Levando em conta que é a ciência moderna prova que a vida começa na concepção? Veja o que o seu candidato pensa sobre casamento gay, legalização das drogas, legalização da prostituição, etc. E o que pensa também por exemplo sobre Socialismo. Como um cristão pode votar em um socialista pleno se em países como a China eles matam cristãos? Seria como se um judeu votasse num partido nazista. 

 

E fique de olho, não oberve apenas a opinião que ele diz ter na época da eleição mas o que ele vem dizendo bem antes da eleição. Muitos em época de eleição mudam de opinião só para ganhar voto e enganar os cristãos. Fique de olho!

 

Saiba que no Brasil os partidos que mais se alinham a uma ideologia anti-cristã e socialista são PT, PSOL, PC do B e PSTU. São extremistas, fanáticos por sua ideologia. O meu conselho é que você não vote em nenhum candidato desses partidos, pois o partido influencia e até manipula muitas vezes o político. Os outros partidos também tem politícos anti-cristãos, mas dão certa liberdade para o político pensar com sua própria cabeça. Mas independente de qual seja o partido, fique de olho no que pensa seu candidato.

 

Conclusão

 

Sei que hoje não é facil votar, a corrupção e a impunida posterior são amplas. Entretanto, devemos lembrar que temos em nossas mãos o poder de transformar a situação atual, chama-se voto. Com ele você pode cumprir sua missão de fazer a diferença nessa Terra. Se não achar um candidato ideal, vote no menos pior. Não perca a esperança, exerça sua cidadania.

 

Curta nossa página Reflexões do Pregador Lucas Moraes

Curta nossa página Jovens Pregadores

 

Conteúdo Relacionado

Liberdade de Expressão

Um Brasil Revoltado