Translate this Page
ONLINE
1




5 Dicas Para Melhorar Sua Aula da EBD

A Escola Bíblica Dominical é sem dúvida alguma a maior escola teológica que existe. É de lá que saem que grandes obreiros, pregadores e líderes. Isso faz com que a responsabilidade do professor da EBD seja muito grande. Pensando nisso trago aqui cinco dicas para tornar suas aulas mais interativas e interessantes. Prepara-se para aprimorar suas técnicas pedagógicas.

 

1- Estudo constante das Escrituras: você não deve estudar apenas quando for ensinar no domingo de manhã ou no dia escolhido pela sua igreja. Estudar a Bíblia Sagrada deve ser um hábito seu independente se naquela semana você for dar aula ou não. É necessário que você aprenda a amar o estudo bíblico e a fazê-lo pelo menos um pouco todos os dias. Mesmo que você alegue que não possui tempo, dá para estudar a Bíblia ou ler um bom livro de teologia até mesmo no ônibus na ida ao trabalho. Tenho certeza se você sacrificar aquele filme, série, capítulo de novela e outros dará para você estudar todos os dias nem que seja pelo menos trinta minutos. Pense naquilo que não é tão importante que você faz todos os dias e sacrifique em prol dos seus estudos. Você perceberá que vale a pena. E na semana que você for dar aula concentre seus estudos no tema escolhido ou lição da revista. Não deixe para pegar na revista ou na apostila um dia antes da aula. Você tendo essa vida de estudos bíblicos quando você chegar no dia para dar aula você notará a diferença no seu preparo.

 

2- Esteja bem vestido: o ser humano é um ser infelizmente que julga muito pela aparência. Para a maioria das pessoas não basta ser, tem que parecer ser. Uns são tão fixados nisso que até preferem alguém que não seja, mas pareça ser do que um que seja e não pareça ser. Claro que esses que julgam só pela aparência depois irão se dar mal, pois é a essência que é mais importante. Mas para facilitar sua vida de professor e te ajudar a passar credibilidade para os seus alunos procure ir a sua aula bem vestido. Não é necessário que você vá sempre de paletó e gravata (no caso do homem) ou de vestido social (no caso da mulher), porém procure sempre ir um pouco mais social, mesmo que não seja a roupa completa. Lembre-se que até você acaba ás vezes julgando as pessoas pela aparência. Imagine se você for ao escritório de um advogado e lá ele estiver de bermuda e blusa regata. Você o contrataria? Portanto, é necessário que estejamos bem vestidos para ministrar nossas aulas.

 

3- Explique, acrescente e comente: no caso da minha igreja nos trabalhamos com revistas como a maioria das igrejas também trabalha. Porém algumas igrejas preferem trabalhar com apostilas. Em todo caso a apostila e a revista estão ali como um ponto de partida e orientação. Se você ficar totalmente preso a elas na aula e ficar apenas lendo elas os alunos não acharão a aula interessante. Eles podem ler a revista ou a apostila em casa. É necessário que você leia a revista ou a apostila e depois explique, acrescente, comente ou aplique. No caso de acrescentar só se deve tomar cuidado para não exagerar e acabar saindo muito do tema da aula. Você quando estava na faculdade ou no Ensino Médio deve se lembrar do quanto era chata a aula daquele professor que só lia o livro e não explicava nada. Não cometa o mesmo erro. Seja explicativo e comente aquilo que você considerar mais importante.

 

4- Controle o tempo: essa dica não é fácil de seguir. Controle de tempo é algo que você só aprende a fazer com a experiência, mas você deve começar a aprender a controlar o tempo quanto antes, pois esse é um ponto fundamental. Fique esperto com o tempo que você gasta com cada tópico. Se você gastar muito tempo em um tópico pode ter que correr nos outros e deixar sua aula muito apressada. Agora se o tópico for um tópico importante vale a pena gastar mais tempo nele e menos nos outros. Tudo dependerá do seu planejamento. Faça um esquema antes da aula de quanto tempo gastará na oração, nos hinos da harpa, na apresentação da lição e na exposição de cada tópico. Se você não quiser anotar esse esquema, pelo menos tenha ele bem claro na sua mente. E evite o máximo possível passar do tempo de aula proposto. Se for uma hora ministre uma hora, se for duas horas ministre duas horas e assim com qualquer tempo que seja.

 

5- Use tecnologia e interatividade: hoje em dia em qualquer lugar em que vamos assistir a uma aula o recurso tecnológico está sempre presente. Seja em um cursinho, na faculdade, na escola, em curso técnico e outros encontraremos quadro, data show, computador, slides, vídeos, imagens e áudios. Na igreja também devemos modernizar nossas aulas para que o aluno não pense que a igreja está parada na década de 30. A tecnologia exigirá investimento por parte da igreja, mas é algo esse essencial que compensará cada centavo investido. E junto com o uso da tecnologia seja interativo. Motive seus alunos para que perguntem e comentem durante a aula e preste bastante atenção no que eles disserem. Nunca despreze qualquer pergunta de qualquer aluno por mais boba que ela pereça ser. Lembre-se que ele está ali justamente para aprender e se você menosprezar a pergunta dele ele não terá mais coragem de perguntar nada. O único cuidado que se deve ter é com alunos que comentam muito, pois podem tirar o tempo todo da aula. Com esses procure cortar a fala deles de forma educada para não chateá-los avisando que precisa prosseguir por causa do tempo e que em outro momento eles poderão comentar mais.

 

Um ato muito importante que eu não coloquei nessas dicas por considerar que devemos praticá-lo em tudo que fazemos na nossa vida e não só para as aulas, é o ato da orar. Que você una a prática dessas dicas com o ato de orar. Com certeza uma vida de oração irá maximizar o potencial das suas aulas. Para encerrar eu desejo que Deus te use poderosamente no ensino e que a EBD da sua igreja cresça a cada dia mais. Se você tiver alguma dúvida ou quiser agregar algo deixe seu comentário abaixo.

 

Conteúdo Relacionado

Escola Bíblica Dominical é Base da Igreja

 

Curta nossa página e acompanhe nossas publicações:

Ministério Jovens Pregadores